Arquivo para a categoria ‘Ensino Médio’

Aquisições: novas leituras obrigatórias da UFRGS

Esta novidade é bastante importante para aqueles que estão no Ensino Médio e se preparam para prestar o vestibular da UFRGS em 2012!

Já estão disponíveis para empréstimo, na Biblioteca, dois exemplares dos livros “O centauro no jardim”, de Moacyr Scliar e “A educação pela pedra”, de João Cabral de Melo Neto.

Consulte a disponibilidade destes e outros títulos através da Consulta Online ao acervo da Biblioteca.

Título: O centauro no Jardim

Autor: Moacyr Scliar

Editora: Companhia das Letras

Sinopse:Na região de colonização judaica no interior do Rio Grande do Sul, uma mulher dá à luz um bebê-centauro. Guedali é criado em segredo pela família; mais tarde, foge pelo interior do estado e encontra uma centaura, por quem se apaixona. Os dois decidem partir para o Marrocos, onde serão submetidos a uma cirurgia que os transformará em seres humanos normais.

A aparente normalidade, porém, não põe fim às inquietações do ex-centauro. Guedali resolve voltar à condição anterior e pede ao médico que reverta a operação. Internado, vive nova paixão, dessa vez por uma esfinge…

A trajetória do centauro pode ser entendida como uma metáfora para a questão da identidade individual, mas também para uma situação histórica, relacionada com as preocupações da classe média brasileira durante os anos em que o país, ainda sob regime militar, interrogava-se sobre seu destino.

 

Título: A educação pela pedra

Autor: João Cabral de Melo Neto

Editora: Objetiva

Sinopse:Com apuro e beleza, precisão e um trabalho incansável na estruturação dos versos e na escolha das palavras, o autor atinge sua maturidade criadora nesta obra, que se consagra como decisiva na trajetória do poeta pernambucano.

Deixe a sua opinião!

O Literatura em Debate desta semana será realizado excepcionalmente na sexta-feira, em virtude da agenda do Professor Osvaldo Arthur, que será o mediador do tema deste encontro, e participa desta edição numa gentileza da Editora L&PM. A obra: Memórias Póstumas de Brás Cubas é uma leitura indicada para o Vestibular da UFRGS de 2011, e também está na lista de livros trabalhados pela Professora de Literatura  Ana Cristina da 2ª EM.

O narrador-protagonista do livro é um homem oriundo da elite brasileira do século XIX, que nunca trabalhou e nada criou ao longo da vida. Uma vez morto, ele decide repassar a própria existência. Com sua voz saída da morte, Brás Cubas não poupa nada nem ninguém do seu olhar deliciosamente irônico. Provo­cativo, inteligente ao mais alto grau e hilariante, Memórias pós­tu­mas – romance que colocou a literatura brasileira no patamar das maiores do mundo – também revela, como poucas obras, as mais obscuras engrenagens da sociedade brasileira.

Em Memórias póstumas de Brás Cubas, Machado de Assis constrói na figura de um “defunto-autor” e não um “autor-defunto” – como bem se define o próprio Brás Cubas –, o motivo central de sua crítica à sociedade, pois estando distanciado do mundo dos vivos, o morto Brás Cubas destrói, a partir de suas relações socias, a sociedade do Brasil do século XIX, com seus vícios, seu parasitismo e suas mesquinharias.